Novo Cartão Reforma

Uma nova medida foi adotada pelo Governo que pode ajudar a diminuir a taxa de desemprego em nosso país. Certamente você já ouviu falar sobre o novo cartão reforma, ou até mesmo já leu algo sobre ele.

Por ser algo novo, a maioria das pessoas ainda não entendem o quanto ele é interessante e o como ele pode ajudar na economia do país.

mulher branca segurando cartão e mexendo no computador. novo cartão reforma
O Novo Cartão Reforma permite aos beneficiários do Minha Casa Minha Vida a melhorar suas residências

Então vamos saber um pouco mais sobre o cartão reforma, como ele funciona e quais os benefícios que irá oferecer.

Mas afinal, como funciona o novo cartão reforma?

O cartão reforma é similar ao “Minha Casa Melhor”, que foi criado pela ex-presidente Dilma Rousseff e oferecia crédito para beneficiários do programa “Minha Casa Minha Vida”, para a compra de móveis e eletrodomésticos.

Quanto ao limite de crédito, foi anunciado que o novo cartão reforma oferecerá uma linha de crédito de até R$ 5.000, e o seu principal objetivo é ajudar as pessoas de baixa renda na reforma de suas moradias.

Quem pode solicitar um cartão reforma

Apesar de ser muito semelhante ao programa anterior chamado “Minha Casa Melhor” esse novo programa tem uma novidade.

Mesmo que o beneficiário tenha sido contemplado no “Minha Casa Melhor”, ele também tem direito a receber o cartão reforma.

Só é preciso estar dentro das regras que o programa exige para receber os benefícios oferecidos e, pelo que foi divulgado, as exigências são bastante simples.

Como participar e ter um cartão reforma

Além do limite máximo de renda, o beneficiário interessado também deve ser o proprietário do imóvel e morar no local onde a reforma será feita.

Segundo o Governo, são prioridade as famílias com mulheres responsáveis pelo sustento, e que tenha entre os seus integrantes pessoas com deficiência ou idosos.

O valor da parcela do benefício, será determinado por um termo de compromisso entre Ministério das Cidades e as entidades responsáveis pelas ações do programa.

Segundo o decreto determinado para o cartão, ele será nominal e intransferível, com um prazo de 12 meses para que sejam utilizados os recursos.

A fim de evitar o desperdício de verbas o Governo ainda específica que as obras feitas com a utilização dos recursos deste programa deverão ter a supervisão de um arquiteto e engenheiro.

Dessa maneira, o Governo acredita que seja possível identificar as necessidades específicas de cada residência.

Onde pode ser utilizado o cartão reforma

Infelizmente, nem todas as lojas de material de construção poderão aceitar o cartão reforma. O uso desse cartão será limitado às lojas credenciadas pela Caixa Econômica Federal e que usam o sistema de pagamento Construcard.

Assim, o familiar responsável pelas compras, poderá comprar os materiais necessários com o uso do cartão físico na função de débito e a compra deve ser referente àqueles materiais que foram solicitados na obra, ou seja, não é permitido a compra de utensílios e materiais que não estão relacionados na lista da reforma ou ampliação de imóvel.

As famílias que moram na zona rural dos municípios também têm direito a utilizar o recurso. A este público está destinado 20% dos recursos totais do programa.

A beneficiário desse programa para habitações rurais deverá seguir os mesmos procedimentos que o beneficiário das zonas urbanas.

Por fim o Governo ainda afirma que o programa do cartão, além de ajudar as famílias e melhorar sua qualidade de vida, ainda servirá para a geração de empregos, melhorando o mercado de trabalho com mais oportunidades.

Compartilhar é se importar!

236 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo